Oi gente!
Estou um pouco sumida mas nao é  porque eu quero...
Estou sem net e sem computador, eu ficava o dia todo na net quando estava trabalhando, agora que estou tentando "carreira solo" rs, e querendo abrir minha sorveteria fica difícil entrar sempre que quero.
Apenas minha irmã tem micro e net e pra falar a verdade nao é a melhor irmã do mundo... Tudo é um pouco difícil entre nós, diálogos, amizade, companheirismo, essas coisas é um sonho pra mim...
Estou tentando descobrir os erros, as brejas e fechá-las mas nao é tao fácil, porque descobri que pra resolver problemas na alma tem que haver confronto e ele, boa parte das vezes, é doloroso.
Aliás, as pessoas que me seguem a um tempo, de repente, conseguem sentir um pouco do que sou pelo que posto.
Gosto de sossego, de paz, de coisas que fazem bem a alma e ao coraçao mas, luto muito pra ter isso!
Estava aqui louca pra postar coisas legais pra vcs e de repente aparece uma discursao com minha mae, discursoes essas que tento evitar sempre, mas como fazer isso lidando com uma pessoa dificil, amarga e insatisfeita com a vida e que quer descontar todos os seus problemas em cima de uma única pessoa na casa, EU.
Nao, nao estou dando uma de coitada, só me desabafando e constatando um fato. Isso vem de loga data, nao sei os motivos exatos mas, nao vou entrar no merito da questao. O fato é que fiz sessoes de terapia pra descobrir "os porques" de certas coisas... Descobrir os roblemas é uma coisa, consertá-los e outra bem diferente.
Se vc tem uma boa mae, ame-a e seja amigo(a) dela. Eu nao tenho! assim como nao tenho uma boa irmã.
Mas eu creio que em algum momento Deus vai agir a meu favor.
Este foi o post mais dolorido e difícil que escrevi em minha vida, nunca me expus tanto.
Eu queria muito postar algo legal porém, meu coraçao está muito magoado hoje e nao deu, desculpem o desabafo mas as vezes a verdade é o melhor remédio.

Tenha um lindo fim de semana!!

Aqui vai umas fotos da Praia de Santa Mõnica, à tarde, que tirei pra vcs esses dias durante uma caminhada!



Comentários

palavrassmagicas disse…
Vanusa estive aqui e li seu texto sabe na vida temos que ter amigos sinceros tenho muitos seguidores mas poucos comentam e gosto de ver quem vai ate o blog e você e´uma delas então aqui vai uma mensagem pra você,SSO É MUITA SABEDORIA
Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.
palavrassmagicas disse…
Mas uma mensagem pra ti um beijo e bom fim de semana O ENCANTO NOSSO DE CADA DIA!

Ainda bem que o tempo passa! Já imaginou o desespero que tomaria conta de nós se tivéssemos que suportar uma segunda feira eterna?
A beleza de cada dia só existe porque não é duradoura. Tudo o que é belo não pode ser aprisionado, porque aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência. Dizem que havia uma menina que se maravilhava todas as manhãs com a presença de um pássaro encantado. Ele pousava em sua janela e a presenteava com um canto que não durava mais que cinco minutos. A beleza era tão intensa que o canto a alimentava pelo resto do dia. Certa vez, ela resolveu armar uma armadilha para o pássaro encantado. Quando ele chegou, ela o capturou e o deixou preso na gaiola para que pudesse ouvir por mais tempo o seu canto.
O grande problema é que a gaiola o entristeceu, e triste, deixou de cantar.
Foi então que a menina descobriu que, o canto do pássaro só existia, porque ele era livre. O encanto estava justamente no fato de não o possuir. Livre, ele conseguia derramar na janela do quarto, a parcela de encanto que seria necessário, para que a menina pudesse suportar a vida. O encanto alivia a existência...Aprisionado, ela o possuia, mas não recebia dele o que ela considerava ser a sua maior riqueza: o canto!
Fico pensando que nem sempre sabemos recolher só encanto... Por vezes, insistimos em capturar o encantador, e então o matamos de tristeza.
Amar talvez seja isso: Ficar ao lado, mas sem possuir. Viver também.
Precisamos descobrir, que há um encanto nosso de cada dia que só poderá ser descoberto, à medida em que nos empenharmos em não reter a vida.
Viver é exercício de desprendimento. É aventura de deixar que o tempo leve o que é dele, e que fique só o necessário para continuarmos as novas descobertas.
Há uma beleza escondida nas passagens... Vida antiga que se desdobra em novidades. Coisas velhas que se revestem de frescor. Basta que retiremos os obstáculos da passagem. Deixar a vida seguir. Não há tristeza que mereça ser eterna. Nem felicidade. Talvez seja por isso que o verbo dividir nos ajude tanto no momento em que precisamos entender o sentimento da tristeza e da alegria. Eles só são suportáveis à medida em que os dividimos...
E enquanto dividimos, eles passam, assim como tudo precisa passar.
Não se prenda ao acontecimento que agora parece ser definitivo. O tempo está passando... Uma redenção está sendo nutrida nessa hora...
Abra os olhos. Há encantos escondidos por toda parte. Presta atenção. São miúdos, mas constantes. Olhe para a janela de sua vida e perceba o pássaro encantado na sua história. Escute o que ele canta, mas não caia na tentação de querê-lo o tempo todo só pra você. Ele só é encantado porque você não o possui.
E nisto consiste a beleza desse instante: o tempo está passando, mas o encanto que você pode recolher será o suficiente para esperar até amanhã, quando o passaro encantado, quando você menos imaginar, voltar a pousar na sua janela.
Ana de Geo disse…
Vanusa, bom dia.
Estou aqui pensando nas suas palavras. E pensando também no que te dizer, já que não é fácil encontrar as palavras certas, sou tão falha, Deus sabe... Mas olha, eu vou te pedir uma coisa... para você ler o Livro de Rute, na Bíblia Sagrada. Leia, e quando vc ler, me procure, se quiser. Vamos conversar. É como vc mesma disse, no momento o seu coração está tão magoado, e não enxerga além da dor. Mas isso também tem jeito. Pensa. Beijos.
vanusa disse…
Meninas, muito obrigada pelo carinho... ]
A vida é assim um dia as coisas estao bem em outras nao!
Mas meu amigo me conforta, Jesus!..
... e anjos como vcs!
bjo no coraçao!
Taia Assunção disse…
Espero que esteja melhor, nem sempre as pessoas correspondem as nossas expectativas. Força. Beijocas e bom feriado, aproveite esse mar lindo para espairecer.

Postagens mais visitadas deste blog

Reciclando caixotes de madeira

VINTAGE DRESSES

Coasters e Mug Rugs