segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cantares de Salomao - capitulo 5

Já entrei no meu jardim, minha noiva, minha querida.



Estou colhendo mirra e outras plantas perfumosas; estou comendo o meu favo de mel e bebendo o meu vinho e o meu leite.


Eu dormia, mas o meu coração estava acordado. 

 
 Então ouvi o meu amado bater na porta.


 Eu já tirei a roupa; será que preciso me vestir de novo? Já lavei os pés; por que sujá-los outra vez?

O meu amor passou a mão pela abertura da porta, e o meu coração estremeceu.

Eu já estava pronta para deixar o meu querido entrar. As minhas mãos estavam cobertas de mirra, e os meus dedos também, e eu segurava o trinco da porta.


 Então abri a porta para o meu amor, mas ele já havia ido embora. Como eu queria ouvir a sua voz! 

Procurei-o, porém não o pude achar; chamei-o, mas ele não respondeu.


Os guardas que patrulhavam a cidade me encontraram; eles me bateram e me machucaram; e os guardas das muralhas da cidade me arrancaram a capa.

Prometam, mulheres de Jerusalém: se vocês encontrarem o meu amado, digam que estou morrendo de amor.


Você, a mais bela das mulheres, responda: será que o seu amado é melhor do que os outros?

 O que é que ele tem de tão maravilhoso para fazermos essa promessa a você?


Entre dez mil homens, o meu amado é o mais bonito e o mais forte. O seu belo rosto é corado;
os seus cabelos são compridos, e ondulados, e pretos como as penas de um corvo.

 Os seus olhos são como os olhos das pombas na beira de um riacho; pombas brancas como leite, banhando-se ao lado da correnteza.

 O seu rosto é bonito como um jardim de plantas perfumosas. Os seus lábios são como lírios que deixam cair pingos de mirra preciosa.


As suas mãos são bem-feitas e enfeitadas com anéis de ouro e pedras preciosas. A sua cintura é como marfim polido, coberto de safiras.


 As suas pernas são colunas de mármore assentadas sobre bases de ouro puro. O meu amado parece um dos montes Líbanos e é elegante como os cedros.

É doce beijar a sua boca, e tudo nele me agrada. Assim é o meu amado, assim é o meu noivo, mulheres de Jerusalém.




Fonte: biblia online  Nova Traduçao na Linguagen de hj.

5 comentários:

Elizangela disse...

Vanusa!!!Eu já li o livro de Cantares..porém agora enxerguei tantos detalhes antes desapercebidos...Menina que declaração de amor minuciosa!!!!Esse é o amor que quero sentir e viver por toda vida!!!!
Que lindo e inspirador post!!!
Beijos e que Jesus abençõe a sua semana!!!

Rose Oliveira disse...

Oi Vanusa, que linda postagem!
Amo Cantares de Salomão, poético e profundo.
Boa semana, beijos!

Denise Santos disse...

Bravo!!
Nossa que linnnndooooo!
Cantares é mesmo um primor!
Salomão de fato conheceu o amor, aliás, vários!Ele vivenciou o amor sem limites e consequências. E por isso, um final de vida tão triste para um homem, esbanjador de encantos! Mas não se pode negar, que ele soube traduzir o verdadeiro sentido de amar, ser amado e desejado!
Que Deus abençoe a tds aqueles, que sabem dar e receber amor! Mas um amor cristalino, um amor puro, para a Honra e a Glória de nosso Pai!
Bjs amada e parabéns por seu belo post! :)

Denise Santos disse...

Bravo!!
Nossa que linnnndooooo!
Cantares é mesmo um primor!
Salomão de fato conheceu o amor, aliás, vários!Ele vivenciou o amor sem limites e consequências. E por isso, um final de vida tão triste para um homem, esbanjador de encantos! Mas não se pode negar, que ele soube traduzir o verdadeiro sentido de amar, ser amado e desejado!
Que Deus abençoe a tds aqueles, que sabem dar e receber amor! Mas um amor cristalino, um amor puro, para a Honra e a Glória de nosso Pai!
Bjs amada e parabéns por seu belo post! :)

Anônimo disse...

Lindíssimo estes comentários, pena que o texto e visto e lido com olhares a moda da casa, mas o verdadeiro sentido e outro, já os massoretas colocaram os sinais nas letras mudando a interpretação, mas são poemas eróticos...

veja mais aqui:
http://pt.notices-pdf.com/intimidade-do-casal-cristao-pdf.html#a0